O jogo do mercado


No dia 07/11/17, o Ibovespa sofreu queda de 2,54%. No dia seguinte, o índice fechou com alta de 2,61%. Então, li uma matéria em um site comentando sobre a possibilidade do índice retornar ao processo de alta e buscar os 85.000 pontos. A matéria está certa ou errada?
Não sei, mas essa matéria me motivou a escrever este post.

Tem gente que vive do mercado e tem gente que tira dinheiro do mercado. Qual a diferença?
Tirar dinheiro do mercado é quando realizamos uma operação e conseguimos sair com lucro. Desta forma, se obtivemos lucro é porque alguém perdeu. Simples assim! Durante muito tempo fui refratário em utilizar esta palavra, mas hoje, reconheço que faz sentido: JOGO.
O mercado é um jogo. Se alguém ganha é porque alguém perdeu.

Por que fui refratário a utilizar a palavra “jogo”?

Porque eu tinha a impressão de que o uso desta palavra depreciava os meus estudos e pesquisas sobre o mercado. Então, um belo dia, li um livro escrito por um profissional de poker e então, a “ficha” caiu. Contarei sobre isso em outro post.

E os que vivem do mercado?

Quem vive do mercado são os analistas, corretoras, agentes de investimento, professores, sites de notícias, provedores de informação e dados e etc.
Importante! Não existe nada de errado nisso! Afinal, como poderíamos tirar dinheiro do mercado se não existisse uma empresa que desenvolvesse uma ferramenta de análise ou um home broker ou alguém que nos ajudasse no início desta caminhada? Seria mais difícil, não seria?

A questão é que estas pessoas que vivem do mercado, elas ganham honestamente, mesmo que alguém perca. Se alguém decidiu adquirir um relatório de uma empresa de análise não quer dizer que a empresa iludiu a pessoa, mas sim, a pessoa optou por este caminho, optou por utilizar a empresa de análise como uma forma de tentar “tirar” dinheiro do mercado, ou melhor, ganhar de alguém no jogo do mercado.

A questão é que mesmo que o analista erre, algo natural, pois ele não é um mágico, ele ganhará o seu dinheiro, de forma honesta. É claro que para continuar ganhando, será necessário ter um nível de acerto maior do que erro. Caso contrário, você troca de analista e a vida segue.

Da mesma forma, um professor que ensina sobre investimentos e vende um curso, algo que ainda pretendo fazer um dia. O professor ganha (honestamente!) o dinheiro, ensinando alguém a investir. Isto não quer dizer que ele saiba mais do que todo mundo, mas sim que ele tem a didática e os caminhos que podem ajudar na formação de um investidor. O melhor professor da Universidade não necessariamente é o empresário mais rico. Existem professores que são empresários e ricos. E existem professores. Que bom, não é verdade?

O mercado é uma máquina. Existem várias engrenagens.

Sua fortuna virá de seu foco. Foco em um mercado ou em uma estratégia.Larry Willians

Acredito muito na frase acima. Quando li a primeira vez, anotei para não esquecer. As coisas não acontecem da noite para o dia. É preciso ter foco. Acreditar, muita dedicação e trabalho. Pelo menos, interpreto esta frase desta forma.

Para ganhar muito e rápido (o sonho da maioria das pessoas, inclusive, meu), precisamos nos preparar para isso. Muito treino e?
Foco! Preparar a mente para as grandes jogadas.

No entanto, aprendi que temos que ganhar cada centímetro por dia. Não adianta querer pular etapas. Já pulei e não deu certo.

O tempo passa e isso pode angustiar, pois a vida continua. Então, o que nos sustenta? A confiança no que está sendo construído, o foco!

Porque o grande lutador de boxe ou corredor de 100 metros não compete todos os dias por uma medalha?

Porque ele sabe que para conquistar a medalha é preciso muito esforço/treino, além de:

Dedicação!
Persistência!
Controle emocional!
Foco!